Visitas

Soubessem meus olhos
E tudo o mais que destruíste
Que a brancura da tua pele
— como neve —
Soterrar-me-ia em desespero
— avalanche —
Faltando-me o ar e o amar
Tê-la-ia evitado, abreviado
Porque é fugaz tua presença
Duvidosa tua permanência
E certa a tua ausência

Nenhum comentário:

Postar um comentário