Visitas

... e percebo que meu maior tormento
meu eterno sofrimento
não é ter um coração anoitecido
uma alma-lua nova
ou ter nascido de estrela opaca
é ter-me apaixonado
pelo teu sorriso-sol
teus cabelos-ventania
essa alma-alegria
esse corpo-via láctea
e saber, maldita astronomia,
que entre o sol e velha lua
só pode haver um breu-eclipse

Cercam-te as borboletas ao claro dia
Amedrontam-se as mariposas à horrível noite

Preferiria jamais tê-la
visto amanhecendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário