Visitas

Releio-te sem pontuação
O amor não pede pausa
Para respiração

Nenhum comentário:

Postar um comentário