Visitas

A pena que escreve
Não alimenta
É a ave da pena
Que mata a fome ―
Dá liberdade

Nenhum comentário:

Postar um comentário