Visitas

Vista turva
O toque
Tenra tensura
Tanta clareza
Em teu corpo branco
De onde pode, pois,
Vir tanta escuridão?

Nenhum comentário:

Postar um comentário