Visitas

Dizem que há nas estradas
Vagando em silêncio e profundo pesar
A alma danada de um cavaleiro
Que viu seu amor verdadeiro
Reconheceu-a pelo olhar
A passar-lhe ligeiro
Tão rápido em trote fagueiro
Que este estava à desmonta
E segui-la não pôde
E nunca mais deram-lhe conta
De seu paradeiro
Os únicos olhos que lhe fizeram
Amar...

-- D. Tadeu Laras

(D. Tadeu é menestrel e ex-trovador-mor da corte de El Rey D. Dinis de Portugal, e personagem central do livro O Romance do Horto, de António Corvo. Mas isso muito depende de quem lê o livro. E do próprio livro)

O Romance do Horto, de António Corvo

Nenhum comentário:

Postar um comentário