Visitas

Te vi boneca
De pano? – insano
De louça? – menina, moça
De quê? – de sonho, de sono

Na caixa
Manchada
De sangue – exangue

Para abri-la
É preciso
Fechar-me
Ou o sangue
Estanca
Também em mim

Amor de brinquedo
Susto e medo
Do que faz a mente
Com a realidade
Da gente
Quem brinca com quem?

De volta à estante
A paixão é o bastante

Nenhum comentário:

Postar um comentário