Visitas

(inspiro) (expiro)
tateio no escuro
taquicardia

(inspiro) (expiro)
hiperventilo
no silêncio intranquilo

(inspiro) (expiro)
claustrofobia
incerteza, agonia

(inspiro) (expiro)
(inspiro) (expiro)
respiro profundo
me afogo, me inundo
de ansiedade
me mata a saudade

(expiro) (inspiro)
(inspiro) (expiro)
falta-me o ar
foge-me o chão
fere-me amar
no vazio colchão

(inspiro) com a boca
(expiro) não mais
lanço-me à roca
fio de linho, de lã, de algodão
fim do caminho, do elã, da paixão

Morfeu que me fie
e a ti me envie
e que o novo tecido
te cubra de vidro

e assim nua te cubro
de nada

Nenhum comentário:

Postar um comentário