Visitas

Pó de café?
Pode
Torrado e encafifado
Moído na moenda
As duas faces da moeda
O bule e a xicrinha
Eu frio você fervente
Chega a dar dorzin’ no dente
É da mordida da broinha
De milho com o cafezin’

E o papo?
Conversê
A mode de eu saber
Quem é que and’ amand’ocê
A mando do Coronel

Quem me ama
Só me ama
Mas quem toma o cafezin’
Megulhado da broinha
É aquele que à notinha
Come o meu doce de leite

Amor de roça
É na cozinha
Panela de barro
Moringa d’água
Arre, égua!
Beijo capiau
E colher de pau

Nenhum comentário:

Postar um comentário