Visitas

Veio o vento do mar
Ou do céu — o azul é um só
De nuvens, espumas e pensamentos
Tão iguais, tão sós
Voláteis ventanias
Fácil se des fa z  e     m

E ventou as lembranças
E soprou a alma
Pra longe, pra fora, pro nada
Pra nada
Por nada

E fui-m'em paz
Sou ar e ave
Descanso
Leve

Nenhum comentário:

Postar um comentário