Visitas

Beija-me os lábios que exalam
Cala-me os lábios que me águam
Seco doce, tão doce
Quem disse que água e azeite não se misturam?
Na minha cozinha, sim!

Tempero-te a boca
Mas já não posso dizer
Quem é prato quente de quem
Com tantas sobremesas
Espalhadas sobre corpos
E mesas...

A arte de escolher o talher
Ou lambuzar-se de mulher?

Falo que te quero
E não acreditas
Tens também o nariz arrebitado
Bico por bico
Tenho dois - três - mais empinados

Grandes e pequenos beijos
Assim também são os lábios
Que se derretem
E em que perdes
À míngua
A língua

Falo que te quero...


Nenhum comentário:

Postar um comentário