Visitas

Então é isso
Não me levas hoje?
Não posso
Não é a hora...
Nem um beijo?
Só o escuro
Já tenho o da noite
E o do dia
Eu sei, os meus são breu

Vais mesmo?
Você sabe, há outros
Mas por que não eu?
Porque me queres
Há quem te queira
E te tenha!
É bem menos doce
Creia

Então por que o flerte?
É você quem flerta
Correspondes!
Eu sei, me desculpe
É mais forte
Que a própria morte?
Sou vaidosa

Fica
Já é meia-noite
Só um café
Você sabe, tenho hora
Que é tu quem fazes, ora!
Está bem, um café
E um beijo
Só o café
Pus veneno
Eu disse que é menos doce
Sempre gostei do amargo

Então, não demore
Você sabe, tenho pressa
Não te preocupes
É expresso
O café?
O beijo...


Nenhum comentário:

Postar um comentário