Visitas

Isso é uma gravação
No momento não posso atender
Mentira, nunca mais
Vou atender ninguém

Mudei-me pra longe
Onde não tem telefone
Não tem gente
Não tem mais nada

É mais fácil assim
Ninguém me perturba
E eu não incomodo ninguém
Ninguém mais reclama

Só de uma coisa não pude fugir
Voce também não está por aqui
Mas com o tempo
O do relógio e o do vento

Sua ausência também não estará
E então não saberei mais quem sou
Nem onde estou
Coisa que, aliás, eu nunca soube

Nenhum comentário:

Postar um comentário