Visitas

Sobrevivo pela ironia
De rimar ideal com real
E sermos nós mesmos
Versos brancos
Nada poético casal

Uma infame poesia
Que não tem leitor
Que não tem amor
Que não tem mais
- jaz no leito do rio -
Nem sequer um autor

Nenhum comentário:

Postar um comentário