Visitas

Entra, senta, Mestra,
Estou servido em potes
Compotas, bandejas e pratos
Bebe, sorve, sou derramado
Em taças, copos e jarras
Delicado licor escarlate
Da cor do teu esmalte

Sacia o vazio que vicia
Evoca o espírito que ofereço
Toma a alma errante
Tomba a esperança
Da redenção
E ama-
-me

Nenhum comentário:

Postar um comentário