Visitas

Fecha esse teu livro
Abre minhas pernas
Folheia as páginas
Lê o que os lábios
Úmidos, dizem:
Literatura te faz sonhar
Parecer inteligente
Quando discute filosofia
Ou qualquer outra porcaria
Mas quem é que liga
Pra toda essa erudição
Quando a vida pulsa
Lateja e vibra
E te alucina de tesão?
Viver e se entregar
Correndo o risco de errar
Tão melhor que o best seller
E toda essa ilusão
De livro-fetiche
Que te faz cult, incluído
Antenado, descolado
Ora, porra, às favas
Com essa pose de intelectual!
Mas se quiser estar com livros
Entre estantes de vidas falsas
Vou contigo a bibliotecas
Que sejam as camas que eu desejo
E os quartos em que você dorme


Nenhum comentário:

Postar um comentário