Visitas

Vestiu-se de noite
Cobriu-se de estrelas
E o sol nunca mais
Voltou-me a brilhar


Nenhum comentário:

Postar um comentário