Visitas

Ah, meu sonho em vida
Como me aflige estar
Ao lado teu e não poderes
Escutar-me dizer "te amo"...

Não mais me vês
Nem me sorris
O tanto que eu te vejo
E te sorrio do além, de nós...

Meus braços te perpassam
Meu pranto, um sussuro
Que confundes ser
O ventou ou... uma amante, outra

Mas olha a noite, mensagem...
As estrelas são as pausas
A luta
O ponto final

Da historia sombria
Que nunca acabou


Nenhum comentário:

Postar um comentário